Portal Jornal

Seu portal de notícias!
Ciclone Gombe deixa 12 mortos em Moçambique
Pelo menos doze pessoas morreram em Moçambique na sequência do ciclone Gombe que atingiu o país neste fim de semana, segundo um balanço divulgado neste domingo (13).

Desde sexta-feira, o ciclone Gombe afetou mais de 30 mil pessoas, destruiu 3 mil casas e deixou 40 feridos, disse à AFP o Instituto Nacional de Gestão de Riscos de Moçambique.

“O Gombe veio com mais intensidade do que o Idai, mas felizmente não teve o mesmo impacto em termos de destruição e pelo fato de ter perdido força logo no início”, disse Cesar Tembe, que trabalha para este Instituto.

Moçambique foi devastado pelo ciclone Idai em 2019, a tempestade mais violenta no país até agora.

Ventos de 170 quilômetros por hora e chuvas torrenciais atingiram a província de Nampula, ao longo do Oceano Índico, e a província vizinha da Zambézia de forma particularmente forte.

Em Nampula, a província mais populosa, foram abertos oito abrigos. A área já havia sofrido uma tempestade tropical (Ana) em janeiro.

Na cidade portuária de Nacala, as casas oscilaram à beira das rochas de frente para o oceano e as paredes desabaram, observou um fotógrafo da AFP.

Ventos que atingiram 170 quilômetros por hora afetou mais de 30 mil pessoas, destruiu 3 mil casas e deixou 40 feridos

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

Generated by Feedzy