Portal Jornal

Seu portal de notícias!
3 casos de gaslighting e por que você não deve chamar uma mulher de louca

É provável que você já tenha se deparado com a palavra “gaslighting” em alguma publicação na internet, assim como é possível também que muita gente ainda não saiba o que significa essa palavra. O verbete vem do filme Gaslight — no enredo, um homem tenta roubar a fortuna de sua esposa e faz com que ela seja considerada “louca” e internada em um sanatório. A palavra gaslight faz referência às lâmpadas de gás da casa do casal, que o homem programa para se ligarem e desligarem repetidamente.

Em uma publicação do Papo de Homem, Yashar Ali fala sobre o tema e aproveita para criar a versão brasileira da palavra: “gaslaitear”. Agora que você já conhece a origem do termo e entendeu que seu significado tem relação com um filme que aborda questões envolvendo abuso emocional, fica mais fácil, finalmente, entender: gaslighting é basicamente o que acontece quando um homem tenta desestabilizar uma mulher, fazendo-a acreditar que é “louca”, “insana”, “frágil demais”, “burra”, “exagerada”, “dramática”.

Leia mais…

É provável que você já tenha se deparado com a palavra “gaslighting” em alguma publicação na internet, assim como é possível também que muita gente ainda não saiba o que significa essa palavra. O verbete vem do filme Gaslight — no enredo, um homem tenta roubar a fortuna de sua esposa e faz com que ela seja considerada “louca” e internada em um sanatório. A palavra gaslight faz referência às lâmpadas de gás da casa do casal, que o homem programa para se ligarem e desligarem repetidamente.Em uma publicação do Papo de Homem, Yashar Ali fala sobre o tema e aproveita para criar a versão brasileira da palavra: “gaslaitear”. Agora que você já conhece a origem do termo e entendeu que seu significado tem relação com um filme que aborda questões envolvendo abuso emocional, fica mais fácil, finalmente, entender: gaslighting é basicamente o que acontece quando um homem tenta desestabilizar uma mulher, fazendo-a acreditar que é “louca”, “insana”, “frágil demais”, “burra”, “exagerada”, “dramática”.Leia mais…

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

Generated by Feedzy