Portal Jornal

Seu portal de notícias!
Zelensky pede por tribunal especial para Rússia por crimes durante a guerra em discurso na ONU
Presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky defendeu nesta quarta-feira, 21, que haja a criação de um tribunal especial para julgar a Rússia pelos crimes cometidos durante a guerra. Em discurso pré-gravado para a 77ª Assembleia-Geral das Nações Unidas, que ocorre em Nova York, o líder ucraniano destacou a importância de ativos energéticos para o financiamento da atuação de Moscou.

Zelensky disse que a punição de Moscou por um tribunal especial serviria de mensagem a outros países para que preservem a paz. Durante sua fala, o presidente reiterou o desejo e necessidade de que haja punição à Rússia pelos crimes cometidos durante o conflito, como violação à integridade do território e soberania ucraniana, exemplificou.

“Nós queremos paz, a Europa quer paz, o mundo quer paz”, afirmou, comentando as tentativas de negociação sem sucesso.

Entre as repreensões que espera à Rússia, Zelensky destacou que o país “precisa pagar pela guerra”. Essa seria uma das principais punições, uma vez que as autoridades russas “valorizam dinheiro acima de tudo”, disse. “Petróleo e gás são as armas energéticas da Rússia”, afirmou o presidente, que citou a consideração de um limite de preços aos ativos energéticos vindos de Moscou.

O líder disse ainda que Zaporizhzhia, maior usina nuclear da Europa, se tornou um alvo para a Rússia. “E isso faz de vocês um alvo. Ninguém vai encontrar uma vacina contra doença por radiação”. O presidente pediu apoio para as nações, seja para artigos de defesa ou financeiro.

Presidente da Ucrânia disse que a punição de Moscou serviria de mensagem a outros países para que preservem a paz

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

Generated by Feedzy