Portal Jornal

Seu portal de notícias!
Usuários do Twitter testam os limites da rede na era Musk
Os usuários do Twitter não perderam tempo nesta sexta-feira (28) e testaram os limites da liberdade de expressão na plataforma que agora está nas mãos do bilionário Elon Musk.

Poucas horas após Musk assumir o controle da rede, vozes conservadoras comemoraram o que consideram ser a recuperação de seu direito de se expressar livremente.

Buck Sexton (@BuckSexton), um popular podcaster americano com mais de 800.000 seguidores no Twitter, escreveu: “Por sinal, acontece que os homens NÃO PODEM engravidar. Vamos lá, liberais”.

O tuíte, que gerou reações negativas e positivas, recebeu comentários como “Verdade” e “Este vai ser um grande dia”.

Alguns optaram por usar as mesmas palavras, mas com respostas irônicas: “Acontece que você NÃO PODE ter relações sexuais”, tuitou @sawthrewit.

Outro tópico popular foi referente às máscaras utilizadas durante a pandemia que, apesar de consideradas eficazes pela comunidade científica, revelaram-se um elemento de divisão política.

“Agora que podemos dizer a verdade aqui depois que Elon Musk assumiu oficialmente, vou dizer apenas: as máscaras não funcionam”, tuitou @ianmSC.

O tuíte gerou uma série de comentários de apoio, mas também a reação do lado oposto.

“Então, se você precisar de uma operação, parece uma boa ideia que a equipe médica não use máscaras? Já que elas não funcionam, certo?”, questionou @marynol51.

Musk, o homem mais rico do mundo, já se declarou um “absolutista da liberdade de expressão”. Após uma longa negociação que se arrastou por meses, ele concluiu a compra do Twitter na quinta-feira (27).

O chefe da Tesla e da SpaceX tuitou “que venham os bons tempos”, marcando o fim da compra da plataforma por 44 bilhões de dólares.

Musk já havia se manifestado a favor de diminuir a moderação de conteúdos nas redes sociais, algo que muitos consideram injusto.

Mas, nesta sexta-feira, o bilionário anunciou que formará um comitê para avaliar a futura política da plataforma sobre publicações e o restabelecimento de contas bloqueadas.

“O Twitter formará um conselho de moderação de conteúdo com pontos de vistas muito diversos”, tuitou. “Nenhuma decisão importante sobre conteúdo ou restabelecimento de conta será tomada antes que o conselho se reúna”.

Muitos alertam que, se o conteúdo não for moderado, a “praça pública digital” do mundo corre o risco de se tornar um centro de desinformação, enquanto outros defendem a liberdade de expressão.

Após o bilionário assumir o controle da plataforma, conservadores comemoraram o que consideram ser a recuperação do direito de se expressar livremente

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

Generated by Feedzy