Portal Jornal

Seu portal de notícias!
Rússia anuncia escassez de medicamentos em farmácias
Vladimir Putin, presidente da Rússia, anunciou nesta terça-feira (24) que o país passa por uma escassez de medicamentos, além da alta dos preços, ainda que a produção em território nacional tenha aumentado.
Os medicamentos foram um dos itens que sofreram sanções ocidentais em decorrência da guerra na Ucrânia. Apenas os remédios prescritos estão isentos. Ainda assim, a entrega desses itens tem sido prejudicada por obstáculos de transporte, seguro e alfândega.
“Tem havido escassez de alguns medicamentos, apesar do fato de termos visto a produção de produtos farmacêuticos nos (primeiros) três trimestres do ano passado crescer cerca de 22%”, comentou Putin em reunião com autoridades.
“Sessenta por cento dos medicamentos no mercado são remédios nacionais. Mesmo assim, alguns medicamentos ficaram deficitários e os preços subiram”, completou o presidente russo.

Assim que teve o início da guerra, os russos estocaram os medicamentos em casa. O que antes era comprado em um mês, foi esgotado em duas semanas.

Além dos remédios serem importados, a Rússia depende da União Europeia e dos Estados Unidos para a aquisição de equipamentos médicos, como marca-passos e aparelhos de radioterapia.

Os remédios foram alguns dos itens que sofreram sanções ocidentais por conta da guerra contra a Ucrânia

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

Generated by Feedzy