Portal Jornal

Seu portal de notícias!
Peru emite alerta sanitário por casos de gripe aviária
O Peru emitiu um alerta sanitário por 180 dias após confirmar três casos de gripe aviária H5N1, que é muito contagiosa, em pelicanos, informou nesta quinta-feira, 24, o Serviço Nacional de Saúde Agrária (Senasa).

A entidade explicou que o alerta, publicado no diário oficial, foi emitido por precaução porque o vírus que chega com aves migratórias da América do Norte pode se espalhar em “aves de quintal (perus, patos, galinhas e galos)” e em granjas comerciais.

“Temos três casos confirmados nas regiões de Piura, Lambayeque e Lima”, afirmou à rádio Rpp o chefe do Senasa, Miguel Quevedo.

Segundo a hipótese do cientista, a doença está sendo transmitida de “aves silvestres que vêm da América do Norte, passam por nosso país e chegam à Patagônia”.

“Suspeitamos que a espécie que está transmitindo este vírus é a gaivota-de-Franklin”, disse Quevedo. “Uma vez que a gripe aviária se instala, a situação epidemiológica é muito complicada. Este vírus tem uma taxa de mortalidade de 100%”, alertou.

Centenas de pelicanos apareceram mortos nas praias e áreas naturais de Piura (fronteira com Equador), Lambayeque e Lima nas últimas semanas.

A Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO, na sigla do inglês) manifestou sua preocupação e lançou a advertência de que com a temporada de migração das aves, a doença poderia chegar às Américas Central e do Sul.

Segundo o Serviço Nacional de Saúde Agrária, três casos foram confirmados

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

Generated by Feedzy