Portal Jornal

Seu portal de notícias!
Itália impede que 35 imigrantes desembarquem de navio de resgate na Sicília
As autoridades italianas impediram 35 imigrantes de desembarcar na Sicília neste domingo (6). O governo italiano de extrema direita adotou uma estratégia dura contra navios de resgate privados que operam em águas italianas.

O Humanity 1, transportando 179 passageiros resgatados, teve acesso ao porto siciliano, mas três outros navios de resgate administrados por organizações não governamentais e transportando um total de 900 pessoas permaneceram no mar.

As ONGs disseram que as pessoas estavam dormindo no chão e decks, com infecções, febre e sarna, e alimentos e suprimentos médicos estavam acabando. Alguns migrantes estão nos barcos há mais de duas semanas.

Funcionários da instituição de caridade alemã SOS Humanity, que administra o Humanity 1, questionaram a decisão italiana de distinguir entre passageiros classificados como “vulneráveis” ou não. Todos os passageiros do navio foram resgatados no mar e isso por si só lhes dá direito a um porto seguro sob a lei internacional, disse a organização.

Embarcações administradas por ONGs permanecem no mar

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

Generated by Feedzy