Portal Jornal

Seu portal de notícias!
Guerra na Ucrânia chega aos 100 dias com 14 milhões de deslocados
A guerra na Ucrânia completou 100 dias nesta sexta-feira, 3. Desde o início da invasão russa, cerca de 6,8 milhões de ucranianos fugiram de seu país. Além disso, a guerra deixou mais de 7,7 milhões de deslocados internos.
Após fugir inicialmente para países vizinhos, pelo menos 3 milhões de pessoas continuaram sua jornada para outras nações, segundo a Agência da ONU para os Refugiados (Acnur). Além da Polônia, a Alemanha e a República Tcheca abrigam atualmente o maior número de refugiados ucranianos: respectivamente, cerca de 727 mil e 348 mil.
Segundo autoridades de Kiev, Rússia dominou 20% do território ucraniano até o momento. Continuam a progressão das tropas russas e a resistência dos ucranianos na região do Donbass.
O Coordenador da ONU para a Crise na Ucrânia declarou que a organização continuará com “esforços incansáveis para responder aos impactos devastadores da guerra, de maneira rápida.”
Amin Awad destacou que “alcançar a paz está acima de tudo” e lembrou que a invasão da Rússia “é uma violação da integridade territorial e da Carta das Nações Unidas.”
O relatório diário dos serviços britânicos de informação militar mostra que as tropas russas “controlam 90% de Lugansk”, no Leste da Ucrânia, e que deverão conseguir o controle total da região “nas duas próximas semanas”.
A invasão russa foi condenada pela comunidade internacional, que respondeu com o envio de armamento à Ucrânia e a imposição à Rússia de sanções que atingem praticamente todos os setores.

Para a Organização das Nações Unidas (ONU), é a maior crise de refugiados na Europa desde a Segunda Guerra Mundial

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

Generated by Feedzy