Portal Jornal

Seu portal de notícias!
Forças israelenses matam palestino após suposto ataque na Cisjordânia ocupada
As forças israelenses mataram, neste sábado (24), um motorista palestino na Cisjordânia ocupada, depois de uma “tentativa de ataque com veículo”, segundo o exército, embora os palestinos afirmem que foi um acidente de trânsito.
O exército israelense disse que seus soldados “neutralizaram” um atacante que “tentou avançar sobre eles” ao sul de Nablus, no norte da Cisjordânia ocupada.
Por sua vez, o Ministério das Relações Exteriores palestino identificou o homem como Muhammad Ali Hussein Awad, de 36 anos, de Beit Ijza, perto de Jerusalém.
“A polícia israelense atirou deliberadamente em Awad, com o objetivo de matá-lo, depois que seu veículo colidiu com um veículo da polícia em um acidente de trânsito”, disse o ministério.
A pasta acusou as forças israelenses de matar um “palestino indefeso” que “não representava perigo”.
Israel ocupou partes da Cisjordânia desde a Guerra dos Seis Dias em 1967.
Nos últimos anos, os palestinos realizaram vários ataques de carro contra veículos militares israelenses em postos de controle no território.
As forças israelenses são criticadas por seu uso frequente de força letal em resposta ao que alegam perceber como ameaças.

Ministério da Palestina afirma que o homem foi morto por se envolver em acidente de trânsito

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

Generated by Feedzy