Portal Jornal

Seu portal de notícias!
Filhos de ex-presidente do Panamá são soltos nos EUA
Os dois filhos do ex-presidente do Panamá Ricardo Martinelli foram libertados nesta quarta-feira, 25, após cumprirem a sentença que lhes foi imposta pela Justiça dos Estados Unidos por recebimento de propina da multinacional Odebrecht.
Após sua libertação, Luis Enrique e Ricardo Martinelli serão “transferidos para os escritórios do ICE”, o serviço de imigração dos Estados Unidos, de onde serão “deportados” para o Panamá por não terem status legal nos Estados Unidos, disse uma fonte judicial à AFP. 
“Se eles não se opuserem, sua deportação deve ocorrer rapidamente”, acrescentaram as fontes. Consultados pela AFP, os advogados não quiseram prestar qualquer informação.
Depois de se declararem culpados em dezembro de 2021 das acusações da Promotoria dos EUA, os dois irmãos foram condenados em maio passado a três anos de prisão e a pagar uma multa de US$ 250 mil pelo recebimento de US$ 28 milhões em propinas da Odebrecht, dos quais US$ 19 milhões transitaram por contas dos EUA.
O tempo que eles ficaram presos, primeiro na Guatemala e depois nos Estados Unidos, até que a decisão judicial fosse anunciada foi descontado da sentença estabelecida.
Na audiência em que foi anunciada a decisão, os advogados dos irmãos culparam o ex-presidente Martinelli (2009-2014) por tê-los induzido a cometer os crimes.
Ao retornarem ao Panamá, serão presos novamente, depois que um tribunal rejeitou recentemente os pedidos de seus advogados para “suspender o mandado de prisão” contra eles, conforme informou recentemente o Poder Judiciário.
Ambos são indiciados no Panamá, junto com o pai, por suposta lavagem de dinheiro em um esquema de corrupção armado pela Odebrecht — que incluía diversos países latino-americanos — e por outro escândalo conhecido como “Blue Apple”, um esquema para arrecadar comissões para agilizar contratos durante o governo Martinelli.
 

Ex-presidente do Panamá Ricardo Martinelli e os seus dois filhosReprodução

Luis Enrique e Ricardo Martinelli serão deportados por não terem status legal nos Estados Unidos

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

Generated by Feedzy