Portal Jornal

Seu portal de notícias!
Coronel da Guarda Revolucionária do Irã é morto a tiros em Teerã
Um membro dos Guardiães da Revolução foi “assassinado” a tiros neste domingo, 22, no leste de Teerã – informou a agência oficial de notícias Irna.

“Hassan Sayyad Khodai, um defensor do santuário, foi assassinado em um ataque armado obra de dois motoristas na rua Mohahedin-e Eslam de Teerã”, segundo a Irna.

O termo “defensor do santuário” se refere a qualquer pessoa que trabalhe para a República Islâmica na Síria e no Iraque.

Em um comunicado divulgado em seu site, os Guardiões da Revolução disseram que a vítima foi um coronel e denunciaram um “ato terrorista” cometido por “elementos ligados à arrogância mundial” (uma referência aos Estados Unidos e a seus aliados, segundo a terminologia oficial da República Islâmica).

Uma investigação foi aberta para identificar “o agressor, ou agressores”, acrescentaram, na mesma nota.

A agência Irna publicou fotos, nas quais se vê um homem coberto de sangue, no banco do motorista de um veículo com as janelas quebradas”.

O coronel voltava para casa, quando foi alvejado, por volta das 16h locais (8h30, no horário de Brasília), completou a Irna.

De acordo com a agência de notícias Tasnim, Khodai estava “perto de casa”, quando foi morto.

“Sua esposa foi a primeira pessoa a ver o corpo”, acrescentou o mesmo veículo.

Hassan Sayyad Khodai, um ‘defensor do santuário’ foi alvejado dentro de seu carro enquanto voltava para casa

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

Generated by Feedzy