Portal Jornal

Seu portal de notícias!
Conheça Dina Boluarte, a nova presidente do Peru
Com o impeachment e prisão de Pedro Castillo, Dina Boluarte é a nova presidente do Peru. A advogada de 60 anos foi eleita vice em 2021 pelo partido Peru Livre, mas precisou tomar posse do cargo de chefe do executivo peruano nesta quarta-feira (7) após a tentativa do seu ex-aliado de dissolver o Congresso do país.
Boluarte se formou em direito pela Universidade de San Martín de Porres e fez pós-graduação no mesmo local. Ela tem diplomas de especialização em Direito Administrativo e Gestão Pública, Direito Constitucional, Direito Processual Constitucional e Direitos Humanos.
Militante de esquerda, ganhou espaço na política peruana e se tornou presidente do Clube Apurímac de Lima. Também concorreu ao cargo de prefeita em Surquillo em 2018, mas saiu derrotada. Dois anos depois, concorreu para ser parlamentar do país, mas não conseguiu ocupar uma cadeira no Congresso.

Ela conseguiu ser eleita vice-presidente do Peru e foi nomeada ministra do Desenvolvimento e Inclusão Social do Governo em junho do ano passado. Porém, Dina deixou o cargo no mês passado por discordar de ações do ex-presidente peruano.

A crise entre os dois teve início em julho. Pedro enfrentava problemas judiciais e corria o risco de sofrer um impeachment do Congresso. Questionada se estava preparada para ocupar o cargo de presidente, ela não fugiu do assunto.

“Há um mandato que o povo nos concedeu, governar por cinco anos, e essa é a única agenda que temos. Trabalhar nesses quatro anos que restam (do governo) pelos mais vulneráveis, os mais necessitados”, disse à época.

A fala foi na contramão do que tinha dito no fim de 2021. À época, ela falou que renunciaria, caso Castillo fosse tirado do cargo. Jornais peruanos revelaram que Castillo ficou incomodado com a mudança da ex-aliada, mas optou por não retirar a sua então vice do cargo de ministra.

Dina Boluarte condenou Castillo

O ex-presidente do Peru tentou dissolver o Congresso e sofreu um impeachment poucas horas depois. Na sequência, foi preso pelas autoridades peruanas, além das Forças Armadas soltarem nota alegando que não compactuariam “com um golpe” de Castillo.

Dina Boluarte também publicou uma mensagem para os peruanos. “Rejeito a decisão de Pedro Castillo de perpetrar a quebra da ordem constitucional com o fechamento do Congresso. É um golpe de Estado que agrava a crise política e institucional que a sociedade peruana terá que superar com estrito cumprimento da lei”, escreveu.

Dina Boluarte foi convocada pelo Congresso para ser empossada às 15h no horário peruano (às 17h no horário de Brasília). Ela terá a missão de pacificar o país e controlar os congressistas.

A posse ocorreu após o impeachment e prisão de Pedro Castillo; Ex-presidente tentou dissolver o Congresso do país

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

Generated by Feedzy